5/5 - (420 votes)

Vale a pena a venda de empresas para sócio? Como comprar sua empresa de seus sócios? Quais a vantagens e desvantagens de comprar ou vender uma empresa entre sócios? Quais os 7 passos para a venda da sua participação?

Se você quiser conhecer a resposta a algumas desses perguntas, esse texto é feito para você!

É comum no mundo dos negócios um parceiro decidir deixar a empresa antecipadamente. Devido a esse fato, é necessário entender como fazer e se vale a pena a venda de empresa para sócio.

Os motivos podem ser diversos, como conflito com outros sócios, aposentadoria, desejo de investir em outro negócio, falhas na gestão, entre outros. Retirar-se da sociedade é questão de escolha e cada indivíduo é livre para decidir o seu futuro.

Porém, a desvinculação do quadro societário requer alguns processos ditados por lei para que seja efetivada.

Ainda, é muito importante: i) calcular um valor justo do valuation e ii) que a negociação seja realizada de uma forma profissional e sem envolvimento emocional.

Vamos entender melhor sobre como vender uma empresa para um de seus sócios ou como comprar uma empresa de seu sócio? Veja também quais são as vantagens e as desvantagens, além de aprender um passo a passo para vender o negócio de acordo com a lei.

Confira agora tudo o que precisa saber para poder vender a sua empresa para um dos seus sócios! Boa leitura!

Na CAPITAL INVEST – M&A Advisors, assessoramos com foco no valuation, na venda e na compra profissional de empresas médias ou grandes: i) de receita bruta anual entre R$20 milhões e R$2 bilhões, ii) com lucro líquido positivo, e iii) (idealmente) com boas perspectivas de crescimento.

Se este for o perfil da sua empresa, ou da sociedade que pretende avaliar ou da empresa que almeja adquirir, entre em contato através deste formulário.

A consequência das nossas parcerias em fusões e aquisições em mais de 50 países de 4 continentes, conseguimos vender a sua empresa no Brasil e no Exterior.

Trabalhamos com empresas e investidores de todo o Brasil. Ex: São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Bahia, Goiás, Espírito Santo, Ceará, Pernambuco, Amapá, Distrito Federal, Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Pará, Piauí, Sergipe, Amazonas, Alagoas, etc.

Somos uma reputada boutique de M&A com presença global especializada em finanças corporativas, e teremos o maior prazer em agendar uma visita em nosso escritório localizado em pleno centro financeiro de São Paulo, SP, Brasil.

QUAIS OS TIPOS DE SOCIEDADES EMPRESÁRIAS

Na prática, existem variadas categorias de sociedades empresariais que os futuros sócios podem escolher aplicar na criação do negócio.

Para você entender como funciona a venda de empresas para sócio, é preciso conhecer os diferentes tipos de sociedades e a diferença entre eles.

  • Simples: considerada a mais básica de todas, como o próprio nome já indica, esse tipo era conhecido como Sociedade Civil. Suas atividades são exclusivamente associadas à prestação de serviços e têm regras estipuladas no Novo Código Civil.
  • Em Nome Coletivo: modelo que define que os sócios, sem exceção, devem responder por suas responsabilidades financeiras e fiscais determinadas no contrato social. Um exemplo são as empresas que possuem seu nome acrescentado de “& Cia”.
  • Comandita Simples: os sócios são divididos em comanditados (têm obrigações fiscais) e comanditários (obrigações associadas ao valor de cota na sociedade).
  • Sociedade Anônima ou S/A: modelo usado geralmente por empresas mais maduras e estáveis. Nesse caso, a sociedade está associada às ações e não a nomes. Ela pode ser de capital aberto (operação na bolsa de valores) ou fechado.
  • Limitada: conhecida como LDTA, essa sociedade é a mais utilizada por empresas brasileiras. Ela precisa seguir algumas regras que falaremos mais a seguir.
venda de empresas para sócio

É POSSÍVEL VENDER A EMPRESA LTDA PARA OUTROS SÓCIOS?

Agora que você já sabe que a sociedade empresarial limitada é uma das mais utilizadas no Brasil, seguiremos este texto falando sobre suas regras na venda de empresas para sócio.

Caso não haja cláusulas sobre a cessão da sociedade no contrato social, as regras aplicadas devem ser as descritas no artigo 1.057 do Código Civil sobre a venda das cotas na sociedade limitada. Veja o que diz o artigo:

“Art. 1.057. Na omissão do contrato, o sócio pode ceder sua quota, total ou parcialmente, a quem seja sócio, independentemente de audiência dos outros, ou a estranho, se não houver oposição de titulares de mais de um quarto do capital social.”

Logo, é permitido por lei que os sócios personalizem o próprio procedimento a ser aplicado no caso de compra e venda de empresa.

Mas, perceba que estamos citando a sociedade limitada. Cada tipo de sociedade possui suas próprias regras. Algumas, por exemplo, não permitem que as cotas da empresa sejam vendidas para terceiros.

Entenda mais as normas estipuladas na sociedade limitada:

  • para existir, ela precisa ser formada por mais de um sócio pessoa física ou jurídica;
  • a quantidade de cotas é definida de acordo com a participação financeira no capital social empresarial;
  • deve-se ter um administrador que atue como representante legal da sociedade estipulada. Ele será escolhido a partir de votação pela maior parte dos sócios;
  • a administração corporativa pode ser exercida por um grupo de sócios, que será descrito no contrato social.

A retirada do sócio deve ser respeitada e seguir as diretrizes determinadas no artigo 1.029 do Código Civil:

“Art. 1.029. Além dos casos previstos na lei ou no contrato, qualquer sócio pode retirar-se da sociedade; se de prazo indeterminado, mediante notificação aos demais sócios, com antecedência mínima de sessenta dias; se de prazo determinado, provando judicialmente justa causa.

Parágrafo único. Nos trinta dias subseqüentes à notificação, podem os demais sócios optar pela dissolução da sociedade.”

VANTAGENS DA COMPRA VENDA DE EMPRESAS ENTRE SÓCIOS

  • o sócio já conhece profundamente o negócio;
  • redução de custos e de burocracias;
  • não precisa montar apresentações e encontrar outros investidores;
  • possibilidade de reinvestimento do valor da venda nas atividades da empresa;
  • processo de venda mais rápido do que para novos investidores.
  • não necessita de consentimento dos demais sócios, sendo possível concluir a venda quando desejar.

DESVANTAGENS DA VENDA DE EMPRESAS PARA SÓCIOS

  • a existência do envolvimento emocional na negociação;
  • possibilidade da transação entrar em conflito e parar na justiça;
  • dificuldades para acordar a precificação das cotas vendidas;

COMO FAZER A VENDA DE EMPRESA PARA SÓCIO?

Antes de falarmos sobre os principais passos para realizar a venda de empresas para sócios, precisamos ressaltar alguns aspectos fundamentais.

O primeiro deles se liga à desvantagem de haver envolvimento emocional durante a negociação entre sócios. Por isso, é indicado que essa transação seja realizada por um assessor financeiro especizado em fusões e aquisições que poderá lhe ajuda a:

  • fazer o valuation da empresa e definir um valor justo e adequado para as cotas.
  • negociar sua participação com seus outros sócios de uma forma profissional e sem envolvimento emocional
  • evitar desentendimentos que podem terminar em demorados e custosos ligitios
  • cumprir a legalidade para assim evitar que a venda possa ser questionada

Outro ponto a ser salientado é o respeito do contrato social. Nele, podem ser discriminadas as regras sobre a cessão de uma participação da sociedade por parte de um dos membros. Regras que devem ser seguidas integralmente.

Se não houver menção expressa no contrato social, a lei diz que qualquer sócio pode vender a sua parte a outro, mesmo não havendo apoio dos demais.

Veja mais dicas sobre o que se atentar durante a venda de empresa para sócio:

Existem duas opções de compra e venda de empresas para sócio: por subscrição, quando a sociedade é adquirida diretamente na sua constituição ou com a emissão de novas cotas; e por compra direta, quando um dos sócios compra uma parte ou a totalidade das cotas.

PASSO A PASSO NA VENDA DE EMPRESAS PARA SÓCIO

Como vender uma empresa para um sócio?

  1. Contrate um assessor financeiro para avaliar a sua empresa e lhe ajudar na negociação
  2. Faça uma declaração de saída da sociedade por escrito, com reconhecimento de firma.
  3. Envie o documento pelos Correios a todos os sócios.
  4. Aguarde 60 dias após o recebimento da declaração de saída pelos outros sócios, prazo estipulado pelo art. 1029 do Código Civil.
  5. Realize a alteração do quadro societário no contrato social com suporte do departamento jurídico;
  6. Após a assinatura, aguarde até 30 dias para o arquivamento do documento na Junta Comercial do seu Estado;
  7. Receba o valor acordado em contrato e atualizado pelo valuation realizado pelo assessor financeiro F&A. Se no contrato social não houver definição da forma de pagamento, ela deve ser feita em dinheiro em até 90 dias.

CONCLUSÃO: VENDA DE EMPRESAS PARA SÓCIO

Percebeu que a venda de empresas para sócio é menos trabalhosa do que para um investidor? Mas, antes de tomar a sua decisão, tenha certeza para quem você quer vender a sua participação, contrate um assessor financeiro de primera linha, entenda o valuation da sua empresa, conte com seu assessor financeiro na negociação, e cumpra os rituais legais estabelecidos no seu contrato social e na lei.

Para conhecer melhor como vender uma empresa profissionalmente, tanto para seu sócio como para um investidor, sugerimos a leitura deste artigo:

CONSULTORIA CAPITAL INVEST – M&A ADVISORS

Nós da CAPITAL INVEST – M&A Advisors somos uma consultoria especializada em M&A que soma mais de R$ 20 bilhões em fusões e aquisições, compra e venda de empresas, ao longo de mais de duas décadas.

Por meio de nossa ampla experiência, conhecimento de diversos setores e presença global, através de parcerias mais de 50 países de quatro continentes, podemos te auxiliar a preparar a sua empresa para a venda, avaliar e vender a sua empresa de uma forma profissional, no Brasil e no Exterior com o intuito de obter o melhor valor.

Também podemos te ajudar a selecionar, calcular o valor e comprar uma empresa de forma profissional com o intuito de diminuir riscos e garantir um bom valor.

Nosso foco é a prestação de serviços de assessoria em avaliação de sociedades, venda e  compra de empresas médias ou grandes: i) de receita bruta anual entre R$20 milhões e R$2 bilhões, ii) com lucro líquido positivo, e iii) (idealmente) com boas perspectivas de crescimento.

Se este for o perfil da sua empresa, ou da empresa que procura avaliar ou adquirir, entre em contato conosco através deste formulário, que nós podemos te ajudar nesse processo!


CONTACT US

At CAPITAL INVEST – M&A Advisors, we financially advise on mergers and acquisitions of mid-size firms (annual revenues between € 5 million and € 500 million, approximately R$20 million – R$2 billion), with a focus on multinationals investing in Brazil. We also provide consulting pre-deal services aiming at mapping, screening and prioritizing acquisition targets, and corporate finance services, including valuations.

@2022 | CAPITAL INVEST – M&A Advisors | All rights reserved

Scroll to Top